Mãos de Luz | Clínica de Terapias Naturais e Escola de Formação Terapeutica

432 Hz - A FREQUÊNCIA DA VIDA!!!

432 Hz - A FREQUÊNCIA DA VIDA!!!

HOJE, ESPECIALMENTE, DEIXO AQUI UMA PEQUENA CONTRIBUIÇÃO PARA TODOS QUE ESTÃO, COMO EU, TRILHANDO O CAMINHO DE VOLTA PARA CASA – PARA DENTRO DE SI MESMO. MEU OBJETIVO,HOJE, É COMPARTILHAR COM TODOS, MEUS ESTUDOS E PESQUISAS, DE MODO QUE AJUDEM NA COMPREENSÃO DE VÁRIAS ÁREAS DENTRO DO CAMINHO MENTAL E ESPIRITUAL. TAMBÉM QUERO AQUI COMPARTILHAR ENSINAMENTOS E TÉCNICAS PARA DESENVOLVER A CONSCIÊNCIA, QUE UTILIZO EM MEU CAMINHO CUJO OBJETIVO É ATINGIR A TRANSMUTAÇÃO, ALINHAMENTO, HARMONIA, SILÊNCIO, PAZ INTERIOR, SABEDORIAS E CONHECIMENTOS (QUE GERAM AS MUDANÇAS NECESSÁRIAS NA REALIDADE INTERIOR E NO MUNDO AO REDOR), ENFIM… A UNIÃO E A COMUNHÃO COM DEUS. “SEGUE SEMPRE TEU CORAÇÃO; MENTES PODEM SER CONVENCIDAS – O CORAÇÃO, NÃO!”.“A PREOCUPAÇÃO OLHA EM VOLTA, A SAUDADE OLHA PARA TRÁS, A DESCRENÇA OLHA PARA BAIXO, A FÉ OLHA PARA CIMA, A ESPERANÇA OLHA PARA A FRENTE.” PAZ, LUZ, AMOR, CONSCIÊNCIA DIVINA, ALEGRIA E UNIÃO SEMPRE!
(N.A.)

432 Hz – A FREQUÊNCIA DA VIDA !!!!

A música em qualquer latitude é linguagem universal; é uma dádiva que Deus concede ao espírito para a sua ventura eterna. É poesia cósmica expressa em sons, em vez de palavras. É a composição sonora que vibra pelo infinito, sob a batuta de Deus, o Regente Divino; traz em sua intimidade a palpitação da própria Natureza; plena de forças criadoras, contendo em si a Beleza, a Poesia, a Inspiração e o Êxtase.
A música age no físico, emocional, espiritual e mental. É necessário que os vossos psicólogos, compositores e cientistas se interessem pela propagação da música criadora de sentimentos elevados, em vez de conjunto de melodias estimulantes de recalques libidinosos. Ela é impulso de vida, dinâmica e criadora; serve para o modelamento harmônico da alma e do corpo.

Podemos notar que, atualmente,a maior parte da música mundial é afinada em 440Hz desde que a International Standards Organization (ISO) aprovou em 1953. As descobertas recentes da vibração – oscilação natural do universo indica que essa afinação contemporânea pode gerar um efeito prejudicial à saúde ou um comportamento antissocial na consciência dos seres humanos.Não se trata de um protesto quanto ao estilo musical, seja heavy metal ou sertanejo. Esta afinação vale para todos os estilos que ouvimos atualmente. Até um Mozart ou um Verdi.
NOTAS ........................FREQUÊNCIA (Hz)
Dó ______________________ 264
Ré ______________________ 297
Mi ______________________ 330
Fá ______________________ 352
Sol ______________________ 396
Lá ______________________ 440
Si _______________________ 495
Dó ______________________ 528
Hoje, praticamente todos os instrumentos e todas as músicas que escutamos estão afinadas na frequência 440 Hz (vibrações por segundo – afinal, som é uma vibração). Mas não foi sempre assim. Na época de Mozart, Verdi e todos os outros compositores até o início do século XX, a frequência usada para afinação na música era de 432 Hz.
A escala musical de 432Hz vibra sobre os princípios do número Áureo PHI e unifica as propriedades da luz, tempo, espaço, matéria, gravidade e magnetismo com a biologia, o código do DNA e da consciência. Essa frequência de 432 Hz, está por trás de toda a criação. A sintonia natural de 432 Hz tem efeitos profundos sobre a consciência e também no nível celular de nossos corpos. É a frequência dos batimentos cardíacos. Estimula a produção de serotonina e o lado direito do cérebro.

Essa é a frequência de afinação dos violinos Stradivarius que, não por acaso, soam muito melhor do que os violinos convencionais.

Está de acordo com padrões matemáticos perfeitos. E, como convenção, utiliza-se o Lá como base de afinação, sendo que a afinação das outras notas são uma consequência.

Há uma teoria que diz que a mudança de 432Hz para 440Hz foi ditada pelo ministro de propaganda nazista, Joseph Goebbels. Ele usou-a para fazer com que as pessoas pensassem e sentissem de uma certa maneira, e para fazê-los prisioneiros de uma certa consciência. Então, por volta de 1940, os Estados Unidos introduziram mundialmente o 440Hz, e finalmente em 1953, tornou-se o padrão pela ISO.

440Hz é o padrão antinatural de afinação, removido da simetria das vibrações sagradas e harmônicos que tem declarado guerra ao subconsciente do homem do ocidental. E, por estar de acordo com o universo e suas leis, a frequência 432 Hz inspira paz, lógica, harmonia, perfeição e universalidade.

Em um manuscrito intitulado “Musical Cult Control” (Controle de culto musical), Dr. Leonard Horowitz escreveu: “A indústria da música tem essa frequência imposta que conduz populações para uma maior agressividade, agitação psicossocial e sofrimento emocional que predispõe a doenças físicas”.

“Se você quer encontrar os segredos do universo, pense em termos de energia, frequência e vibração.” ~Nikola Tesla~

Os poderes que estão com sucesso reduzindo as vibrações, não só das jovens gerações, mas também de todos nós também. Estas frequências destrutivas arrastam os pensamentos para a interrupção, desarmonia e desunião. Além disso, elas também estimulam o órgão controlador do corpo – o cérebro – para a ressonância desarmônica, que em última análise cria a doença e a guerra.
Frequência e vibração detêm um poder extremamente importante, ainda escondido para afetar as nossas vidas, nossa saúde, nossa sociedade e nosso mundo. A ciência da Cymatics (ou seja, o estudo do som visível e vibração) prova que frequência e vibração são as chaves mestras e fundação organizacional para a criação de toda a matéria e da vida neste planeta.

Quando as ondas sonoras se movem através de um meio físico (areia, água, ar, etc), a frequência das ondas tem um efeito direto sobre as estruturas que são criadas pelas ondas sonoras que passam por esse meio particular.

“Se alguém deseja conhecer se o reino é bem governado, se sua moral é boa ou ruim, a qualidade de sua música irá fornecer a resposta” ~Confúcio~

A música tem um poder oculto para afetar nossas mentes, nossos corpos, nossos pensamentos e nossa sociedade. Quando a música é baseada em um padrão de afinação propositadamente retirados dos harmônicos naturais encontrados na natureza, o resultado final pode ser a intoxicação psíquica da mente em massa da humanidade.

Música em 432 Hz: A frequência que cura o corpo e a mente…
A música pode ser usada em diversas situações da nossa vida, inclusive para o tratamento de pessoas doentes, e é isto o que faz a musicoterapia. Ela se utiliza do som, ritmo, harmonia para reabilitar a saúde mental, física e social de indivíduos ou grupos. Essa atividade é feita por um profissional formado em musicoterapia, o Musicoterapeuta. E pode ser aplicada para:

• promover o bem estar
• gerenciar estresse
• aliviar a dor
• expressar sentimentos
• melhorar a memória
• melhorar a comunicação
• promover a reabilitação física
• melhorar a socialização
• melhorar a qualidade de vida

Tudo o que podemos ouvir é gerado por vibrações.

O padrão da maioria das músicas que costumamos ouvir possui uma frequência de 440Hz. Há estudos que mostram que o “universo” vibra em uma frequência diferente, ou 432 Hz, também chamada de “Lá de Verdi “. Com essa frequência podemos restaurar em nós a harmonia e o bem-estar.

Musicalmente falando, todos os instrumentos possuem uma altura musical padronizada como o “lá 440”, que é a frequência utilizada para afinação dos instrumentos que tocamos e conhecemos.

As ondas sonoras alteram características corporais tais como: respiração, batida do coração, transpiração, ondas cerebrais e da resposta neuroendócrino, equilíbrio corporal, relaxamento da mente e do corpo.

Nikola Tesla, disse que, se queremos conhecer os segredos do universo, você precisa pensar em termos de energia, frequência e vibração. Isto significa que qualquer som que emana a uma certa frequência age de forma positiva ou negativa dentro do nosso corpo.

Estudos mostram que músicas ajustadas em 432 Hz parecem estar em perfeita sintonia com o:

• Coração humano
• A dupla hélice do DNA
• Intuição do cérebro
• A frequência fundamental da ressonância Shumann
• Geometria musical da “criação”

Tudo isso pode ser proposto com base na ciência Cymatica ou Cimática, que significa “estudos sobre ondas”. De acordo com a Cimática, (proposta pelo Dr. Hans Jenny em 1787) as ondas e vibrações geram formas a partir da mudança de vários meios, como farinha espuma, líquidos e outros materiais. Todo o universo é uma sinfonia de sons e vibrações, por isso, essa ciência estuda as formas produzidas pelas ondas, ou seja, as frequências de vibração, som, eletromagnética, e assim por diante.

Nosso Planeta Terra e nosso cérebro funciona a uma frequência de 7,83 Hz, a qual é responsável pelo equilíbrio da biosfera. Esta frequência de 7,83 ciclos por segundo, é conhecida como ressonância Schumann. Infelizmente a mesma aumentou ao longo dos anos, o que possivelmente está causando problemas de sono em várias pessoas. Mas, como a frequência de 432 Hz se relaciona com a de 7,83 Hz? Para entendermos, será útil que aproximemos a frequência de 7,83 para 8 Hertz.

Na escala musical, Lá possui a frequência de 440Hz, e a nota C (dó) é de cerca de 261,656 Hz. Por outro lado, se tomarmos 8 Hz como nosso ponto de partida e trabalhar acima de cinco oitavas (ou seja, as sete notas da escala cinco vezes), chegamos a uma frequência de 256Hz em cuja escala a nota A tem uma frequência de 432Hz. (fonte)

De acordo com o princípio harmônico pelo qual qualquer som é produzido – frequências são geradas a partir de múltiplos inteiros dessa frequência, no caso citado, 8 Hz gera uma frequência de 432 ciclos por segundo.

Se tem dúvidas, observe este vídeo e entenderá. Vale lembrar que o músico presente no vídeo teve que investigar quais frequências geravam as formas mais interessantes “desejadas” por ele.

https://player.vimeo.com/video/111593305

Você não precisa pensar em conspiração do tipo “todo este tempo escutei músicas a 440 Hz”. Embora que a frequência musical em 432 Hz é positiva ao nosso corpo, diferente daquela em 440 Hz que é negativa.

A música é em primeiro lugar um evento corporal e também energético. A humanidade atualmente precisa de músicas de qualidades e também em uma frequência que nos faça viver melhor, e quem sabe até mais!

Exemplo de música em 432 Hz.

>>https://www.youtube.com/watch?v=zFECwmhg4UU?feature=oembed

“O Espectro Solar e o Teclado Cósmico:
Todas as frequências do espectro estão relacionadas em oitavas, desde raios gama até sub-harmônicos. Essas cores e notas também estão relacionadas aos nossos Chakras e outros importantes centros de energia. Se tivermos que entender que (…) os Chakras estão conectados aos Sete Raios do espectro solar, então as notas e as frequências que usamos para isso devem ser as mesmas. LA 432 Hz é a afinação do Teclado Cósmico ou da Placa Cósmica, ao contrário do moderno ‘padrão’ de 440 Hz. Isso coloca o Do # em 136,10 Hz ‘Om’, que é a nota principal do Sitar na música clássica indiana e o tom das canções dos monges tibetanos, que nos dizem ‘vem da natureza’. “- Dameon Keller

Nota: 136,1 Hz é a frequência utilizada para sintonizar instrumentos para a música do templo indiano. Chama-se Sadja ou Sa, o tom básico de Sitar e Tambura. Diz-se que o tom do Om estimula o Anahata (chakra do coração) e, portanto, acredita-se que seja bom para a meditação.
Vamos explorar a diferença entre experimental A = 440 Hz e LA = 432 Hz. Os amantes e músicos da música tem notado a diferença com música sintonizado LA = 432 Hz, que é não só mais bonito e harmonioso para orelhas, mas também induz uma experiência mais interior que é sentida dentro do corpo na coluna e no coração.

A música sintonizada para LA = 440 Hz foi sentida como uma experiência mental e mais externa, e foi sentida no lado da cabeça que se projeta para fora. Audiófilos também afirmaram que a música em LA = 432Hz parece que não é local e pode encher uma sala inteira, enquanto em LA = 440Hz pode ser percebida como a propagação do som direcional ou linear.

Os antigos foram afinando seus instrumentos a uma LA 432 Hz em vez de 440 Hz. – e, por boas razões. Há uma abundância de exemplos de música na Internet, que joga, a fim de estabelecer a diferença para si mesmo.

O ajuste do instrumento para 432 Hz resulta em um som mais relaxado, enquanto 440 Hz tensiona levemente o corpo. Isso ocorre porque 440 Hz está fora de sintonia com os dois macrocosmos e microcosmos. 432 Hz, por outro lado, está afinado. Para dar um exemplo de como isso se manifesta microcosmicamente: respiração (0,3 Hz) e nossos pulsos (1,2 Hz) referem-se à frequência da oitava mais baixa de um LA de 432 Hz (108 Hz) como 1: 360 e 1:90.

” A diferença no som em geral foi notável, a versão 432 Hz parece mais quente, mais clara e instantaneamente soava mais audível, mas a versão 440 Hz parecia mais forte, com energia mais agressiva. “- Guitarrista anônimo.

Aqui é outro exemplo:

David Helpling – Sticksand Stones em 440 Hz: http://youtu.be/PewsS9Y9pVo
David Helpling – Sticks and Stones em 432 Hz: http://youtu.be/w8KEVikJMck

Pessoalmente, tenho desfrutado muitas bandas, artistas e estilos de música, apesar de terem sido sintonizados em LÁ = 440 Hz, no entanto ao comparar um par de canções, tanto em LÁ = 432 Hz e a = 440 Hz, eu posso sentir e ouvir a diferença.

Eu não diria que na minha experiência de música para 440Hz me tornou uma pessoa agressiva, mas eu não consigo entender como toda uma população está exposta a música que é mais voltada para a mente, em vez de visando o coração – não para mencionar todos o materialismo e as letras dirigidas pelo ego na música mais popular – é uma combinação perfeita para manter uma frequência mais discordante e um estado de consciência na humanidade.

“A música – com base DO = 128 Hz (Nota FAZER concerto LA = 432Hz) vai apoiar a humanidade no seu caminho para a liberdade espiritual O ouvido interno dos seres humanos é baseada em OD = 128 Hz.” – Rudolph Steiner
Não posso afirmar com absoluta certeza que toda a ideia sugerida neste artigo é 100% precisa, nem sou especialista no assunto. Por essa razão, sugiro que todos façam suas próprias pesquisas sobre o assunto com um – mesmo perspicaz – aberto se estivermos procurando validação científica. No entanto, todos nós temos a intuição e a capacidade de observar sem julgamento – o que pode ser tão valioso (se não mais) quanto preencher nossas cabeças com dados externos e até conceitos científicos.

Portanto, cabe a nós diminuir o tom do desejo de tirar conclusões precipitadas e experimentar a diferença entre LA = 440 Hz e LA = 432 Hz. Para isso, temos que ouvir com todo o nosso corpo e uma consciência neutra, em lugar de, com nossas ideias mentais, julgamentos e preconceitos.

Se você está interessado em mudar o tom da sua música para LA = 432 Hz, clique aqui para aprender como fazê-lo.

Como sabemos, os sons têm um grande impacto no nosso modo de pensar. 432 Hz faz o som da música mais harmonioso, tranquilo, promove a felicidade e profunda compreensão, paixão. 440 Hz é mais energético, mais rápido, mais rápido. Então, por que alguém, e mais importante, como, determina que 440 Hz é melhor que 432 Hz?

Porque a música nos toca onde nada mais pode fazer, onde a essência do nosso Ser Emocional é, e se você controla as emoções / pensamentos que a música promove, então seu trabalho de controlar o mundo está 99% pronto. “Eles” não querem que as pessoas entendam nossa verdadeira natureza e nosso Eu Superior.

Eles querem que tenhamos pressa, acreditamos apenas no que vemos e somos competitivos em coisas materiais. Deste modo, 99% viverão na realidade criada por eles para 1%, uma realidade cujo resultado final é a intoxicação psíquica da mente das massas da humanidade.
(fonte)

§

A MÃOS DE LUZ TERAPIAS oferece cursos profissionalizantes, em EAD, de CROMOTERAPIA, MUSICOTERAPIA, REIKI (todos os níveis, a distância e presencial), CURA PRÂNICA, AROMATERAPIA eCRISTALTERAPIA, todos em até 18 VEZES.
• PROFISSIONALIZE-SE!
• MUDE SUA VIDA!
• AGUARDAMOS SEU CONTATO!
Também fazemos TERAPIAS ONLINE, TERAPIA DE CASAL E FAMÍLIA e TERAPIA EM FILOSOFIA CLÍNICA, a preços super acessíveis.
• Procure-nos, nós temos uma solução para você!

§

Mãos de Luz | Clínica de Terapias Naturais e Escola de Formação Terapêutica
Rosmary Machado – Filósofa e Bioterapeuta
WhatsApp – 51- 98217.5162
Edição: Dirceu Kommers (pesquisador M.L-C.T.N.E.F.T.).

**

Fontes:
https://pt.wikipedia.org/wiki/Harm%C3%B4nica
http://www.coscienza-universale.com/misteri/misteri-il-potere-nascosto-dei-suoni-trasmessi-432-hz/
https://biosom.com.br/blog/bem-estar/o-que-e-musicoterapia-e-quais-sao-os-seus-beneficios/
https://pt.wikipedia.org/wiki/L%C3%A1_440
http://cymatica.net/
www.novaconscincia.wordpress.com